Jane the Virgin

Faz tempo que tô pra falar dessa série que ganhou my full heart! Não sei se foram as circunstâncias nas quais comecei a ver Jane ou se foi puramente a trama, mas a série é do tipo que da aquele ar de aconchego mesmo mexendo com os nossos nervos!

Quando tento explicar sobre o que se trata sempre uso o termo “novela latina em forma de série” (o que não deixa de ser já que é uma adaptação), porque realmente é tanta coisa num lugar só que eu nunca vi nada mais parecido!

Bom, então se você quer saber do que se trata “Jane the Virgin”, vamos conversar um pouco..

Jane (a diva Gina Rodriguez) é uma menina nos seus 20 e poucos anos, americana mas de origem latina, católica, louca por listas, muito sonhadora e um desses sonhos é ser escritora. A mãe de Jane, Xiomara,  descontraída e afim de curtir a vida, ficou grávida ainda muito novinha, o que foi um certo desapontamento pra sua abuela, católica fervorosa que ensinou Jane que o certo é se casar antes de “entregar sua flor”.

Com esse objetivo em mente, logo no início Jane fica noiva de seu namorado, o detetive Michael ( <3), buuut o que acontece é que numa visita à sua casual à sua ginecologista, Luisa acidentalmente insemina em Jane o esperma de seu irmão Rafael – antigo crush da Jane e dono do hotel em que ela trabalha – e que deveria se colocado em sua esposa Petra. Tá dando pra entender? Jane, a virgem, grávida.

Tem também a participação do Rogelio (Jaime Camil), um astro das telenovelas latinas que vai desempenhar uma papel muito importante na história! E como se não fosse o suficiente, rola aparição de gêmeo mal, assassinatos e investigação criminal.

Sei que uma parte de mim amou essa séria pela inclusão que ela promove. Jane não poderia ser mais gente como a gente. Não necessariamente dentro dos padrões de beleza hollywoodianos e de sangue latino – assim como grande parte do elenco – ela tá lá pra viver os dramas dos 20 e poucos anos, as confusões amorosas, os desafios de escrever e publicar um livro e a realidade do que é ser uma mãe, já que sua maternidade não é lá bem romantizada como vemos por aí..

Acho que o melhor mesmo é deixar que vocês tirem suas próprias conclusões! Mas garanto que Jane é a companheira perfeita pra uma maratona – de série!

Anúncios

2 comentários sobre “Jane the Virgin

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s